quinta-feira, 21 de julho de 2011

Steam (odisseia a vapor)

[regina duarte mode on] Tempos que eu não posto aqui, não é mesmo minha gente? [regina duarte mode off] Mas sabem como é, a preguiça o trabalho em excesso tira todo o tempo disponível.

Na ressurreição por partes do Torneiras, vamos tirar a poeira da nossa seção de games, que sempre foi tão desprezada, coitada. E vamos começar falando de algo que todo gamer que se preze, se nunca pensou em usar ou se informou mais sobre o que é, pelo menos já ouviu falar no nome: o Steam, e do tormento que eu tenho passado com ele.

O Steam é um serviço criado pela Valve Corporation (a criadora de Half-Life, Counter Strike e Portal, entre outros) de compra e download de jogos. O que não seria nada de mais, visto a penca de pirataria que existe no nosso país e pela internet inteira. Qualquer um pode baixar o jogo que quiser por torrent ou por um desses quaquilhões de blogs de download por aí. O problema é que, como vocês sabem, baixar jogos dessas fontes é ilegal, e assim você não paga o dinheiro da galere que trabalha arduamente no design, som, programação, distribuição, propaganda... e por aí vai. Enfim, baixando jogos piratas você quebra as pernas da indústria de jogos e dificulta a aparição de jogos realmente legais e fodidos. Ou não.

Bla bla bla pirataria é ilegal bla bla bla. Vou continuar baixando jogos e tô pouco me lixando. -Wannabe troll
Ok então, azar o seu. Mas existem pencas de serviços online pra baixar jogos a preço de banana. (Sério, no próprio Steam tem jogos bons abaixo de 10 dólares. Portal e Magic anyone?) Com um preço desse, acho sacanagem não comprar o jogo original.

Então por que essa tem sido uma experiência tão irritante? Vou contar minha breve odisseia, e vocês entenderão.

Num belo dia, eu [... encurtando a história] fiz uma conta e baixei o aplicativo do Steam. É, isso mesmo, aplicativo do Steam. Você tem que usar um aplicativo específico do site pra poder baixar e comprar os jogos. E é aí que mora o problema. O programa do Steam é, em resumo, um saco, por vários motivos:
  • Você não pode jogar nenhum jogo comprado se ele não estiver aberto. Se você tentar abrir o jogo sem o Steam estar rodando, ele vai primeiro começar a funcionar e logar na sua conta, pra depois (e só depois) abrir o jogo.
  • O programa baixa os patches dos jogos automaticamente. Isso pode, por um lado, ser algo ótimo, mas analise o que eu passei: com minha internet imunda, deixei o PC fazendo o download de um jogo a noite inteira, e quando acordei ele estava completo. No entanto, logo antes de eu jogar, o jogo começou a ser atualizado, me impedindo de jogar enquanto a atualização do jogo não terminasse. É mole?
  • Os downloads não continuam se você estiver jogando algo. Tinha acabado de comprar um jogo e, pra esperar o jogo baixar, fui jogar outro. Passei horas jogando, e quando saí, vi que o download tinha sido pausado enquanto eu jogava.
  • Qualquer jogo iniciado via Steam fica com uma espécie de "menu extra", onde você pode ver as opções do próprio Steam, ver amigos online, achievements, e o escambal. Mais uma coisa que é legal, porém um ponto negativo: isso consome uma quantidade notável de recursos da máquina, e um jogo que eu já tinha antes de instalar o Steam teve queda de quadros depois que eu o reinstalei a partir do programa. Você pode desativar essa opção, mas tem que desativar para cada jogo.
  • O maior e principal pra mim: os travamentos. Aqui, o Steam trava com quase qualquer coisa que eu queira fazer. Tem jogo que pra abrir eu espero cerca de um minuto, com o Steam viçando pra iniciar. Isso sem falar quando ele trava porque os downloads foram pausados, ou quando ele trava até mesmo pra iniciar o programa. Isso é o que mais me enche o saco.
Fui em muitos outros lugares na internet pra colher mais impressões sobre o programa. Muita gente comentou as mesmas coisas. Mas, como um usuário falou no fórum oficial, é um preço a se pagar pelas facilidades que o serviço apresenta, como saber que jogos seus amigos estão jogando, saves de jogos disponíveis pra qualquer computador através da Steam Cloud, jogos online livres de hack, entre outras facilidades. O problema é que, pra mim, as desvantagens superam as vantagens, e muito.

Por fim, consegui encontrar outros dois sites de venda de jogos online muito parecidos com o Steam, com a diferença maravilhosa: você só precisa estar online na hora de instalar o jogo, para poder se conectar com o servidor para obtenção da key (em momento nenhum eles disponibilizam a key para copiar). Depois disso, pode jogar como se tivesse instalado o jogo diretamente do CD/DVD. Ainda não comprei neles, mas pretendo comprar meu Super Street Fighter IV Arcade Edition ( w00t \o/) mês que vem, e vai ser em um dos dois. Pra quem quiser conferir, aí estão os endereços:
  • GamersGate:
  • Direct 2 Drive
E você? Possui algum jogo original ou pretende comprar?

0 comentários: