quarta-feira, 20 de outubro de 2010

10 bons motivos pra morar sozinho

Pra muita gente, o conforto e a vida mansa na casa dos pais podem parecer muito vantajosos. Afinal, é mesmo bom não ter que lavar louça, cozinhar, nem se preocupar com aluguel e muitas outras despesas; e por isso ainda existe uma galera que já há muito passou da adolescência e continua na vida de filhinho mimado.

Mas morar sozinho não é um pesadelo, MUITO pelo contrário! Pra mim, foi a melhor coisa que fiz na vida; então resolvi fazer uma lista com 10 coisas ótimas que você só pode fazer se tiver seu próprio bunker. Quem sabe um dos dez motivos te convença a se largar no mundo:


domingo, 17 de outubro de 2010

De volta à Idade Média [ou "Pra não dizer que não falei de política"]

É sempre chato discutir política, eu sei! Também sou uma das pessoas que mais detesta entrar em discussão sobre isso, ainda mais quando me deparo com gente ignorante e troglodita.

O problema é que muita gente confunde política com fervor partidário, pensamento totalmente equivocado! A política está diariamente em nossas vidas, nas decisões que tomamos para viabilizar uma convivência coletiva minimamente detestável.

Infelizmente, esse é um tema que só vem à tona em época de eleição mesmo, e sempre aparecem aquelas pessoas fazendo campanha no orkut, twitter e por aí vai; esse direito eles têm, mas não consigo é entender como é possível que ainda haja gente defendendo ideias absolutamente retrógradas.

Antes que pensem que vou defender algum candidato, deixo claro que vou anular meu voto no segundo turno. Sendo nordestino e bissexual, seria contra o meu próprio cerne votar em Serra ou Dilma.

sábado, 16 de outubro de 2010

Por que eu prefiro o underground aos 'grandes' blogs

Todo mundo sabe quem foi o primeiro problogger do Brasil sim ou não? Carlos Cardoso começou a faturar com um blog em meados de 2006, quando então pode se proclamar oficialmente o primeiro brasileiro a blogar profissionalmente. Essa foi uma ótima notícia para toda a ainda modesta blogosfera, na época. Deu a muitos um fio de esperança de ganhar um dinheiro aparentemente fácil fazendo algo aparentemente simples como blogar, ser blogueiro virou a sensação do momento. Aparentemente fácil, porque escrever, e escrever bem, identificar o público alvo e conquistá-lo, é pra quem sabe e pode, não pra quem quer.

Top 5: Coisas que exalam testosterona

Existem aquelas coisas que são bigeneres. E existes as que exalam testosterona. Que são aquelas que você olha e imagina alguém coçando o saco ou puxando catarro do fundo da alma. E esse é o top 5 dessas coisas.

5º Cerveja

Falou em cerveja falou num monte de homem falando alto, rindo, fazendo zorra numa mesa de barzinho. Ela não ficou numa colocação melhor no top devido à grande quantidade de mulheres que consomem.

4º Dia de autógrafos da Playboy


Tem gostosa autografando a revista na qual a mesma saiu nua, pelada, sem roupa, tem testosterona no ar. Muita.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Desventuras em série - Um stalker, um celular, uma ex-esposa.

Há uns dois anos atrás, quando eu tinha acabado de começar no meu atual emprego, eu trabalhava em um outro local, numa empresa terceirizada, ou seja, que alugou o espaço físico e equipamento, etc, para a empresa que de fato me contratou. Naturalmente nesse espaço havia outras empresas, inclusive um jornal de grande circulação aqui no estado.

Nesse jornal trabalhava um carinha. Eis que esse carinha começa a me stalkear. A princípio eu não sabia, não percebi o quanto ele me olhava e a cara de doente que ele fazia. Daí começo a receber montes de sms de um 'admirador secreto'. A primeira coisa que pensei foi 'aff que brega', mas achei que não custava responder o moço, afinal todos são inocentes até que se prove o contrário. Sms vai, sms vem, ele acabou revelando quem era, quis conversar comigo, etc, enquanto isso eu já notava que ele era over freak,mediante os esforços dele para conseguir meu telefone, coisa de doido mesmo. Mas eu fui falar com ele, naquela vibe maneira do 'não tenho nada a perder mesmo'. mas eu tinha sim. Meu precioso tempo, minha escassa paciência.