terça-feira, 13 de julho de 2010

Vergonha alheia máxima

Can't face the shame.

Vou direto ao ponto. Gostaria de declarar toda a minha vergonha e pesar diante disto, nada mais, nada menos, que um manifesto feito por habitantes de uma determinada região do país contra a migração de pessoas oriundas de outras regiões. No entanto, minha preocupação não diz respeito somente a esse tal manifesto em particular, me recuso a ser tão rasa nas minhas colocações. Eu falo da necessidade que algumas pessoas têm de formar 'panelinhas', ou seja, indivíduos que possuem características em comum ou semelhanças de qualquer natureza, das quais se utilizam para subjugar quem quer que não as possua; trocando em miúdos, grupos preconceituosos, minimalistas e alienados.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Netiquette (parte 1)

Seja um bom menino e não saia trollando por aí!

Ao longo dos tempos, a internet se tornou cada vez mais presente e comum na vida de mais e mais pessoas. Isso nos trouxe mais comunicação (twitter!), interatividade, acesso a músicas, jogos, vídeos, entre outros. Infelizmente, isso também trouxe o orkut, o "miguxês", e também a falta de noção maciça das pessoas que entram na internet hoje em dia. E muitas pessoas nem se quer sabem o que é Netiquette.

Se você está lendo isso de manhã e ainda não está raciocinando, ou se você nem raciocina mesmo, Netiquette é a etiqueta da internet. Não, não é nenhuma marca de identificação, seu n00b. É a maneira de se portar educadamente, sem ser um sem-noção, um n00b, um analfabeto digital ou um troll. Ou tudo isso junto.

E se você tiver amigos que se encaixam no que vamos ver,
1 - Temos pena de você.
2 - Indique esse post pro seu trollzinho amigo, quem sabe ele não deixa de ser n00b aprende algo?

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Quando eu crescer eu quero ser...

Quando eu era pivete e cursava o Ensino Fundamental, eu sonhava em crescer, entrar na faculdade, ter um emprego e ficar rico.

Daí eu cresço, arrumo um emprego, entro na faculade e tô aqui... Pobre.

Aí meus sonhos de ser rico e ter (citando pica-pau) "Iates, mulheres, carros, mulheres, dinheiro, mulheres..." foi pro saco.

Quando a gente é criança e sonha, sonha que vai ter um emprego fodão tipo bombeiro, piloto de Formula 1, jogador de futebol, fotografo de modelos nuas, e acha que vai ter todo o dinheiro do mundo e vai comprar tudo o que quiser. Mas é só sonho. A gente cresce, não compra nada do que a gente queria e ainda fica devendo a alma.