sábado, 8 de maio de 2010

Desventuras em série - Geraldo

Quando eu era criança, eu morava no interior. Na minha casa viviam todos os malucos da minha família; pai, mãe, irmãos, e o meu tio mais jovem, que cresceu junto com a gente, e é bastante querido, por sinal.

A casa em que morávamos é grande, tem um quintal enorme. Tínhamos vários animais. Um belo dia esse meu tio me aparece em casa com seu mais novo animal de estimação. Um pinto. Chamava-se Geraldo. Eu pensei 'Era só o que faltava! Já temos três cachorros, dois gatos, peixes não temos mais porque os gatos comeram, e agora, um pinto! Maravilha! E depois, o que será? Um elefante?'. Mas depois me acostumei e o Geraldo até que ganhou minha simpatia. Pelo menos ele nunca cagou no meu quarto.

Meu tio gostava mesmo do pinto* .Dizia até que ia dar um banho nele. No dia em que ele falou isso, eu abri a porta do banheiro sem bater, e tinha alguém usando a pia. Eu não vi quem era porque abri só um pouco da porta, mas sabe-se lá como, deduzi que fosse meu tio. Daí eu perguntei pela fresta da porta: 'Tá lavando o pinto?'. Puta merda. Era o meu avô, tava saindo do banho. Tentei explicar pra ele que não era o que ele tava pensando. Acho que não adiantou. Pelo menos isso me rendeu uma gafe histórica e vocês podem rir da minha cara agora. Ou pensam mesmo que existe desventura em que eu não me fodo nenhuma vez? Pois não existe.

Bom, ia tudo muito bem, até que um dia meu tio sai de casa e deixa Geraldo sob os cuidados de... sei lá, ninguém achou necessário ficar de olho no pinto do meu tio* . Mas bem que devíamos. O meu tio dividia o quarto com o meu irmão, e lá ele guardava os 150 frascos de perfumes e desodorantes que ele tinha. E meu irmão sabia disso. Tanto que ele, loucodocu, pegou um desodorante spray daqueles suuuper alcóolicos e começou a derramar em si. Mas ele apertou a válvula tantas vezes que gastou uns 50% do que tinha no frasco, e ele tava quase cheio. Eu senti o cheiro forte de Connexion e fui investigar o que tava rolando. Abri a porta do quarto e vi o meu irmãozinho alucinado com o desodorante na mão.




Cena impagável! Comecei a brigar com ele e a rir desesperadamente, daí olhei pra baixo. Vi o chão todo molhado de desodorante e o Geraldo, loucodocu, em plena overdose alcóolica! Até eu fiquei enjoada depois da tempestade de Connexion, imagina o pequeno galináceo. Qual foi a minha reação diante disso? Eu ri desgraçadamente, huahuahua. Parece crueldade mas vocês não tem noção do que é presenciar um pinto louco de dorgas.

Bom, o fato é que depois de curtir uma onda errada, o Geraldo foi dessa pra melhor. Da forma mais tosca possível, é verdade. Todo mundo riu. Meu tio ficou puto. Perdeu o pinto* e o desodorante. Não lembro o que aconteceu com o meu irmão, acho que nada, como com todo moleque caçula que apronta. Agora me digam, qual de vocês já viu um pinto encontrar seu fim no álcool? Foi o que pensei.

*Pinto - Galináceo filhote. Favor não interpretar erradamente.

16 comentários:

Lenivaldo Silva disse...

Putz
Ri pra caramba aqui....
E por que seu tio não comprou outro pinto heim???

Kah Lessa disse...

hahahaha
Adorei o texto. engraçado e bem escrito. Fico imaginando o quanto disso é verdade. Mas acho que não cabe a mim duvidar do pinto do seu tio. haha

visite-me: http://daretoinspireme.blogspot.com/

Katariny disse...

ow comééédiia oh! hauhauahhaua

Fernanda disse...

Putz!Minha amiga, eu ainda não tinha visto esse seu post!kkkkkk Até agora é um dos mais engraçados que eu já li aqui no torneiras!E é serio viu?Só não bolei no chão de tanto rir pq não deu!!!huahuahua!!!#eurialto

Thata Souza disse...

huahuahuahuahuahua
Raxei!!!
muiiiito fadastico o pinto do seu tio hauhuahuahua

Henrique Alvez disse...

doaisdjoasidjoasijdsa
euri muito com seu post
XDDD
a parte do banheiro é a melhor
e coitado do pinto do seu tio, todo drogado
XDDDD

http://baudopascacio.blogspot.com/

Luiz Brisa disse...

kkkk
raxei
bom d+ seu post

http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

Esther cyrraia disse...

adorei o texto, mas fiquei com pena do pinto* do teu tio! rsrs
vc escreve muitooo bem moça, continue!

ja pensou em add o gadget de seguidores??

sucesso!

Gigante Colorado disse...

Gostei bastante do blog! Muito bom mesmo!
Afim de parceria? Troca de links??
Se quiser, é só falar!!

Beijo Gabi.

Elton Max JG disse...

Eu ri muito com a parte do banheiro !
Po fiquei com pena do Geraldo , o bixo agonizando e vc rindo ! kkkk
acho que eu também iria rir .

Admin Futebobeiras disse...

belo texto
estou seguindo o blog
siga e ouça o podcast do meu blog

um abraço
http://www.futebobeiras.com.br/

Lillye disse...

Nossa, quanto senso de humor! Sério, ri feito louca aqui!
Vim aqui pra agradecer o comentário lá no meu blog, que bom que você gostou! Obrigada também pelos elogios, fiquei lisonjeada!
Nossa, ainda não parei de rir aqui, todo mundo achando que sou louca (talvez a loucura circule mesmo pelas minhas veias...)...
Bem, é isso, obrigada pela visita!!
Abraço e até a próxima,
Lillye

#.Nanii disse...

HUSHAUHSUAHUSHAUHSUHAUSHUAHSUHAUSHAHS.
dORGAS :S
adoro textos assim *--------*
ri demais com tudo , parabêns ;**

Italo Gomes disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Caraca que historia em.. situação embaraçosa que voce passou tambem em.

O Pinto Dorgado.. RIARIARIARIARIRARIARIA..

Comenta la:
http://italoopensador.blogspot.com/

xD

Niko Travesso disse...

hauhua adorei a história poW,
e a gafe que vc passou então...
esse pinto já teve a vantagem de morrer de uma forma diferente...=]

ta afim de parceria?

@um_bucha disse...

Ri MUITO!