segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Marcando brinks pela net - comofas/

A internet nossa de cada dia serve pra tudo o que se possa imaginar, e até pra coisas que não passam nem de longe nas nossas santas cabecinhas (muahahaha). Mas sem dúvida, todo mundo, pelo menos uma vez na vida, já flertou, paquerou, queixou alguém, frescou, marcou esquema, fez o diabo na net. E isso não é necessariamente sinônimo de desespero ou carência extrema; há gemza que tem realmente dificuldade de se relacionar com as pessoas cara a cara, por causa de uma dessas síndromes da moda, e simplesmente acha mais fácil fazer isso on-line, onde podem exercer um falso controle sobre as coisas. Há gemza que não tem mesmo nada melhor pra fazer, e, mais raramente, há gemza que acidentalmente constrói laços reais a partir dos virtuais, tiop, sem a intenção inicial. Mas enfim, pelo menos aquele mais ínfimo interesse já foi despertado por alguém que você conheceu pela internet, fala a verdade, colhega!

Embora não concorde muito com isso, internet é sem dúvida uma boa alternativa pra você que é palerminhadoseucu e não conhece boas técnicas de jêgar júnto, ou é inseguro quanto à aparência, tímido e desajeitado, ou pior, tudo isso junto. Agora fudel ne, gemza. Mas não priemos cânico (ainda); quase (quase) tudo tem solução. Já pra quem tem no mínimo uma certa desenvoltura na arte da brinks, nosso amigon pêcê pode não ser fundamental, mas vai ter sua serventia também.

Tipo, vamos supor que você está loucodoseucu por alguém que você já conhece, mas faltou aquela oportunidade e/ou coragem de jegar juntinho. Nem pense duas vezes! Adicione a criatura em tudo o que é ferramenta de comunicação e comece logo a puxar papo virtual com a pezoa. A partir daí vai ser natural trocar telefone e marcar alguma coisa. Pelo menos essa é a intenção.

Agora vamos supor que você é loucodoseucu e se interessou por alguém que você conheceu pela internet, ou seja, nunca viu mais gordo, a não ser por fotos que podem nem ser reais. Primeiro, esteja ciente de que é zuper fácil ser lecal, descolado e interessante na net, praticamente qualquer debilóide com boa lábia e um mínimo de cultura indie consegue. Segundo, não adianta alimentar expectativas, por mais que o(a) menine pareça (PAREÇA) tudo de bom, el continua sendo uma pezoa de carne e osso, então não viaja muito, caso contrário você pode sofrer uma baita decepção. E tem que existir possibilidade de rolar um pegaelvcehçecsy, afinal nós sabemos que (quase) toda a gemza só pensa em brinks, quer mais eh descolar um zeguizo bem real pela net, atóóóran perígon!! Terceiro e mais importante, procure se certificar do que vai fazer e com quem vai fazer; traga aos poucos a tal pessoa pra sua vida real, mesmo que você so queira zéguizo. Tenha um minimon de responsabilidade, colhegue, pelamorde. Até para os sluts vale a regra 'tudo a seu tempo'.

Pra quem tem o juízo certo, não há contra-indicações, liga o pêcê e sijoga meesmo. O máximo que pode acontecer é você desenvolver uma tendinite ou se tornar esquizofrênico (tô de brinks, ninguém vai ficar mais loucodocu assim)
Se depois de tudo, você acabar levando um toco virtual na bunda e não conseguir marcar nada, pelo menos vai ser bem menos doloroson do que seria ao vivo e a cores, raciocineim.
E se, mesmo assim, você ainda tiver dificuldades em descolar um esquema, aí fudel, mermão!! XD

Tenta uma das simpatias do João Bidú.

Bjscolhegas

0 comentários: